Minha lista de blogs

sábado, 13 de agosto de 2011

Sabre


Pai
Afasta
De mim
Este sabre
Pra que eu
Não pratique
Haraquiri

Tenho
A mão direita
Sobre o hastil
E
Já localizei
O fígado:
É bem aqui

Pacifica-me

Dá-me
Dia
Ensolarado
Perfume
De gardênia
E canto
De bem-te-vi

Dá-me
O mundo
Harmonizado

Dá-me
Que ninguém
Seja infeliz

30 comentários:

Assis Freitas disse...

comungo da mesma prece, dá-nos clarividência

abraço

Luiza Maciel Nogueira disse...

E que assim seja...graças a Deus!

Beijos

Dilmar Gomes disse...

Mais um belo poema que tu partilhas conosco, amiga Zélia. Um grande abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

Misturação - Ana Karla disse...

Poeticamente: Amém.
Zélia que beleza viu?
Bom final de semana
Xeros

Andradarte disse...

Vou guardar...e tomar como 'oração'...
Beijo

Dario B. disse...

E ja que estou a pedir, Pai, nesta véspera do teu dia, mais que tudo da-me a Serenidade. Um beijo, Zélia.

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre lindo poema...um hino à poesia.

Adorei e deixo o meu beijinho com carinho
Rosa

Wanderley Elian Lima disse...

Amém.
Bjux

Rayuela disse...

me recordaste a Mishima con el sable, y a Duras con el perfume de las gardenias...

te deseo una buena presentación del libro, Zélia! mil besos, querida*

Toninhobira disse...

Tão linda como uma oração.Afaste mesmo Pai e nos dê muita vida e à Zelia, para que possamos sempre nos deleitar com suas belas inspirações.Um belissimo fim de semana na paz.
Meu abraço terno Zelia.

Daniela Delias disse...

Doeu de tão lindo...os versos tem uma exatidão, Zelita! Seu sabre desviou do fígado e acertou em cheio o coração aqui. Bjos meus!

Cris de Souza disse...

Isso que chamo de oração: tocante.

Beijo, querida zelinha!

Ribeiro Pedreira disse...

Zélia, "dá-me que ninguém seja infeliz" é de um querer sem tamanho. precisamos todos desta prece.

Valéria disse...

Oi Zélia!
E que os anjos digam amém!
Sábias palavras, lindo!

Beijo e um feliz domingo pra você e família!

Livinha disse...

"Não me cabe conceber nenhuma necessidade tão importante durante a infância de uma pessoa que a necessidade de sentir-se protegido por um pai". (Sigmund Freud).


Quando nasci meu pai era um ser que a vezes aparecia para aplaudir meus últimos lucros. Quando me ia fazendo maior, era uma figura que me ensinava a diferença entre o mau e o bem. Durante minha adolescência era a autoridade que me punha limites a meus desejos. Agora que sou adulta, é o melhor conselheiro e amigo que tenho.


Feliz do domingo pra ti
minha amiga.
Saudades....

Bjs

Livinha

MIRZE disse...

Que linda prece, Zélia!

O Pai deve saber que estamos todos prestes a....
Um domingo abençoado de PAZ!

Beijos

Mirze

dade amorim disse...

Se todo pai tivesse uma filha assim, talvez o mundo fosse melhor.

Beijos, poderosa.

Luciana Marinho disse...

zélia,

que encanto!
desses sentidos deveriam ser vivas as palavras dos homens.

abraço pleno de admiração!

R. R. Barcellos disse...

Pai, concede-nos o pão para o sustento do corpo e a poesia para alimento da alma.
(E abençoa os que nos dão pão e poesia).

Abraço, poetisa. Saio daqui com a alma saciada.

Fred Caju disse...

Lindo. Mas eu quero sabre, pai, para atacar, já estou cansado de só defender.

Cida disse...

Que Assim Seja!

Paz & Bem, pra você, Zélinha.

Beijos,

Cid@

Beth/Lilás disse...

Linda e emocionante poesia!
Estou daqui ouvindo uma música linda que casa direitinho com estas palavras - Yanni - tributo.
beijos cariocas

ValeriaC disse...

Que profundo...que lindo minha querida...
Beijinhos e feliz semana...
Valéria

Glorinha L de Lion disse...

Como bem disse o Rodolfo, abençoados sejam os que inundam nossas vidas de poesia..mais uma belezura como só vc sabe tecer...beijos,

Guma Kimbanda disse...

olá Zélia alma poeta.

cheguei, fora do dia da homenagem, mas com a mesma alegria que sempre aqui me trás.

filho sou,
também
pai e avô
e meu desejo maior
não fica assim tão aquém
Ubuntu em todos
por um mundo melhor.

tuas palavras assim colocadas num jeito que é só teu, são um grito de alerta e os acordes que avivam a esperança na harmonia e paz desejada.

por tudo isso e o que não se descreve em palavras, a minha admiração, meu kandando amigo.

Diana L. Ramos disse...

Muito lindo parece uma oração querida.Beijosssssss

Berzé disse...

Duro, fundo mas,.... suave!
Abração!
Berzé

Celso Mendes disse...

Amém!

Quem linda prece à vida!!!

adorei, Zélia.

beijo.

Jorge Pimenta disse...

palavras em oração certeira, querida amiga. embaladas pelo golpe eficaz do sabre fino!
beijinho!

Zélia Guardiano disse...

x