Minha lista de blogs

sábado, 14 de janeiro de 2012

EXISTÊNCIA


De vez
Em quando
O teto
Desaba
Mas não
Completamente:
Ficam
As vigas

Talvez
Por isso
Valha a pena
A vida

Existência:
Obra
Inacabada

Sempre
A placa:
Aqui
Se trabalha

28 comentários:

Leonardo B. disse...

[sempre inacabada,

nem que tenha que ser palavra o tijolo maior, o mais resistente material de construção de vida!]

um imenso abraço, Amiga Zélia

Lb

Zélia Guardiano disse...

Oh, Leonardo, meu querido...
Que bom! Você aqui!!!
Isso mesmo, amigo: sempre inacabada... Ainda que tnhamos palavras, palavras, sempre falta alguma: argamassa...
Grata!
Abraço apertado, amigo!

MOISÉS POETA disse...

As vezes ,não mais espanto nem busca.
e nem a roupa que nos veste o gesto.

Mas logo vem a poesia e surpreende a nossa face adormecida...

Muito bom te ler ,Zélia!

Um beijo !

Luciana Marinho disse...

de inacabamentos somos completos...
a palavra que nunca é a coisa.
nós sempre em busca de nós mesmos.

sempre bonito aqui.

beijos, zélia!

Dilmar Gomes disse...

Amiga Zélia, realmente a vida é um grande palco que necessita da nossa representação para ter algum sentido.
Um abração.Tenhas um lindo fim de semana.

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Moisés Poeta, meu querido!
Grata pela visita tão essencial!
Abraço apertado

Zélia Guardiano disse...

Isso mesmo, Luciana: nós, sempre em busca de nós mesmos...
Sua visita muito me acrescenta, querida! Sempre...
Abraço bem forte e beijinhos

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, querido Dilmar, amigo, grande poeta!
Que o domingo seja palco de amenidades, para você e os seus...
Abraço preenchido de amizade e admiração...

Assis Freitas disse...

continuamos na lida,


abraço

Rayuela disse...

la vida
se contruye
ladrillo
a
ladrillo



besos, zélia*

Adriana Aleixo disse...

Delícia de leitura, querida! E vamos trabalhando... Bjo!

Luiza Maciel Nogueira disse...

concordo, é sempre em labor a vida e o desafio é brincar trabalhando

beijos

Toninhobira disse...

Coisa da incompletude na nossa existencia,mas estas vigas nos propõe a prosseguir sempre na labuta.Belissima cosntrução com uma analogia fantastica.Coisa de mestre.Uma bela semana amiga.Meu carinhoso abraço de muita paz e luz.

ValeriaC disse...

Lindo... lindo Zélia...somos mesmo seres e vidas em eterna "construção".
beijos e feliz semana,
Valéria

Tania regina Contreiras disse...

Incompletudes sustentam e dão sentido...eu acho! :-)

Beijos, querida Zélia!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Zélia, sempre lindo ler suas palavras! a profundidade, descrever um mundo tão profundo em poucas palavras, é encantador.

coisas assim fazem a vida valer a pena, te digo isso.
e sim, aqui trabalhamos e vamos que vamos.

bom dia querida amiga

Fred Caju disse...

Muito demais, Zélia!

Jorge Pimenta disse...

nenhuma metáfora se faz mais feliz para ilustrar a vida do que a da construção. haja ferramentas, mas sobretudo alma, braços e... palavra. tudo o mais é caminho. o nosso caminho.
beijinho, querida zelita!

Zélia Guardiano disse...

Que bom, amigo Assis, grande poeta!
A sua lida promove a nossa alegria!!!
Abraço bem forte...

Zélia Guardiano disse...

Sem dúvida, Rayuela, minha querida amiga, poeta inspiradíssima!
Mil besos entremeados de gratidão pela visita!

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Adriana!
Sua presença é , sempre, um deleite para mim!
Abraço e beijinhos carinhosos, querida

Zélia Guardiano disse...

Verdade, Luiza! Vamos brincar com os fatos, sejam eles mais agradáveis, sejam eles mais pesados...
Beijo repleto de carinho e gratidão, querida amiga!

Zélia Guardiano disse...

Toninhobira, amigo de verdade, poeta de primeira!
Muito, muito grata pela visita e pelo simpático comentário, que me dá impulso para a frente, que me impede de protelar os versos...
Abraço bem forte, preenchido de admiração

Zélia Guardiano disse...

Oh, Valeria, minha querida amiga... Que bom tê-la aqui!
Sempre que você vem, minha modesta casa se alegra! É festa!
Beijos carinhosos

Zélia Guardiano disse...

Também acho, Taninha, minha querida! Se tudo estivesse absolutamente pronto, que ficaríamos fazendo aqui?
Grata pela visita, amiga!
Beijos repletos de carinho

Zélia Guardiano disse...

Alexandre, meu querido
Que bom receber sua visita, ler suas palavras aqui deixadas... Talvez você sequer consiga imaginar a importância delas para mim. São um incentivo! Se você se agrada dos meus versos, sinto-me impulsionada a prosseguir...
Quanto às poucas palavras que você diz apreciar, devo dizer-lhe que tenho procurado enxugar mais e mais os meus versos. Tenho tentado dizer o máximo com o mínimo!Tomara que esteja conseguindo...
Um abraço bem apertado para você, e beijos repletos de admiração e carinho...

Zélia Guardiano disse...

Grata, Fred querido!
Muito grata!
Abraço bem apertado!!!

Zélia Guardiano disse...

Realmente, Jorge, meu querido amigo!
A construção mexe sempre com as emoções da gente e é fonte perene de inspiração, não?
Quantas metáforas já não foram criadas, e quantas outras não serão, a partir do tema...
E a gente nunca se cansa de aproveitá-lo, não é mesmo?
Grata pela visita!
Abraço muito forte, deste lado de cá do mar...