Minha lista de blogs

sábado, 10 de abril de 2010

Dipladênia


A dipladênia
Está florida
(Sempre florida)
A despeito
Da estação
Em vigor

Maníaca
Tem um
Pensamento
Fixo:
Flor
Flor
Flor

Ah
Quem dera
Fosse essa
A minha
Mania
E não
Dor
Dor
Dor

22 comentários:

Luis Filipe Gomes disse...

Pura música esta tua "Dipladênia". Não sei descrever ou adjectivar os teus poemas. São diamantes, são pérolas, são frutos suculentos. A tua capacidade é realmente um Dom. Como tudo o que vem do alto transporta consigo raios de perfeição. Não sei se estás a publicar as tuas obras em papel, mas se não, é algo que tens de pensar sériamente. É um legado que não pode ficar restrito a família e amigos e que tem de passar para mais gente.
Gostaria de trocar contigo arte-postal, e a minha proposta é por exemplo, receber manuscrita poesia que te devolverei ilustrada.
Entretanto vou iniciar as imagens para "Revivência".
Que dizes?
Beijos!
Luís

Helô disse...

Dipladênia!!! Usarei daqui em diante esse nome de flor como sinônimo de beleza, encantamento, competência, dom e talento!!! Todos os adjetivos que a senhora nos inspira a acreditar quando lemos as jóias que escreve!!! Parabéns!!! Seus versos são DIPLADÊNIAS (Já incorporando)!!! Te amo daí até a ¨cumieira¨ do FUJI SAN!! Bjo!

Zélia Guardiano disse...

Helô!!!! Você aqui!!! Que alegria!!!!!
Suas palavras são doces...Bombons...Trufas de maracujá, daquelas que eu comprava na bomboniere da rodoviária...rsrsrsrs...
Obrigada, minha linda!
Também te amo daqui até o Fuji!!!!!!!!
Beijos, muitos beijos!!!!!

olhodopombo disse...

Concordo plenamente com O Luis.
a proposito respondi seu comentario la no meu blog.....

Zélia Guardiano disse...

Oh, Luis, meu querido
Suas palavras deixam-me felicíssima! Obrigada! Quando você diz que meus poemas têm qualidade, sinto-me realizada; afinal, tento fazer o melhor...
Quanto à publicação em papel, algumas vezes eu o fiz em antologias, em jornais e informativos culturais, mas adoraria fazer o "meu" livro.
Quem sabe chega a hora? Esperemos...
Trocarmos arte postal será , pra mim, o maior prazer, e ter os poemas ilustrados por você, então, será uma glória! Fico até emocionada ao pensar.

Zélia Guardiano disse...

Luis
Continuando:Adoro a idéia de lhe mandar manuscritos e recebê-los ilustrados! Comecemos, pois, pelo "Revivência". Troquemos endereços...
Um abraço, amigo...

Zélia Guardiano disse...

Muito obrigada, minha amiga Tamar!
Que bom que você concorda com o Luis! Sabe como considero importante sua opinião...

Vou correndo lá no olhodopombo...
Um abraço

Lara Amaral disse...

Manias nossas de pensar, pensar, pensar,
ao invés de ser, ser, ser...

Que bonito seu escrito!

Beijo.

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Lara, minha querida amiga!
Isso mesmo: Pensamos demais e somos de menos...
Fico feliz com sua visita! Venha sempre... A casa é sua...
Um forte abraço

Fabiana Alves disse...

Gostei do seu blog! Suaves versos! Te espero no meu cantinho para conhecer meus humildes versos em palavras e imagens!
Abraço carinhoso!
www.extremamentetenue.blogspot.com

Zélia Guardiano disse...

Oh, Fabiana querida!
Que bom recebê-la aqui! É uma grande alegria! Obrigada!
Volte sempre...

(Agora, veou correndo ao seu espaço...)

mdsol disse...

Passo a correr por suas lindas palavras!

[E muito obrigada pelas reconfortantes visitas lá no branco no branco. Realmente estive fora. Agora vai demorar um pouquinho a botar as coisas em ordem...]

:)))

Zélia Guardiano disse...

mdsol!!!
Que alegria me dão sua linda presença e suas amáveis palavras!
Obrigada!
Beijos...

IVANCEZAR disse...

Zélia:

Vim aqui conhecer teu blog - nota DEZ - e essa tireta poética ficou excelente ( amo esse estilo ) . Parabéns e gratopelo teu comentário em CEGUEIRA lá nos nossos 'DIALOGOS'!

Zélia Guardiano disse...

Ivancezar!!!
Que alegria recebê-lo aqui! Volte sempre!
Adorei sua poesia! Parabéns!
Um abraço, amigo

Justine disse...

Parece que o meu comentário não entrou. Dizia simplesmente que o conjunto do teu poema e da foto têm uma luz e uma força especiais.
E Obrigada pela tua visita. Um Abraço

Justine disse...

Adoro a foto aqui abaixo do gatinho com o cão, numa aproximação afectuosa via olfato...:)))

Zélia Guardiano disse...

Oh, Justine!
Muito grata pela amável visita!
Será uma alegria enorme tê-la aqui outras vezes!
Um abraço

líria porto disse...

esta mania de flor - queres algo mais bonito???

besossssss

Zélia Guardiano disse...

Líria!
Mania de flor...Realmente é o que há de mais bonito; daí, minha inveja:)))
Beijos

Elvira disse...

¡La dipladenia está preciosa! Um abraço, Zélia!

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, amiga Elvira! Obrigada!
Volte sempre! Aqui é sua casa...
Um forte abraço!