Minha lista de blogs

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Sakura


Uzume
(Deusa
Engraçada)
Por ordem
De Amaterasu
Inventou
Uma brincadeira:
Com flores
De cerejeira
Teceu um manto
Encantado
Sob o qual
Então
Escondeu
O país
Do sol nascente

O mundo
Ficou contente
(Com a beleza
Do espetáculo)
Muito embora
Intrigado:

Cadê
O monte Fuji
E o Palácio Imperial?
Cadê a Torre Tower?
Cadê Chinatown?

Cadê Hanamatsuri?
Cadê hina-Ningyo?
Cadê Komono no Hi?
Koinobori
E
Mushaningyo?

Sashimi
Tempura
Onigiri
Sushi?

Sake
Origami
Bonsai
Hashi?

Kimono
Tatami
Happi?

Cadê arare
Otedama?

Cadê ikebana?

Cadê Heloísa
E Kisarazu-shi?

Tudo oculto
Por uns dias
De Hokkaido
A Okinawa
Debaixo
Do lindo
Jardim
Do sonho
De Kurosawa


Foto: Heloísa Guardiano Konishi

50 comentários:

Dalva disse...

Olá, Zélia!

Obrigada por sua gentil visita ao Infinito Particular! Saiba que será sempre muito bem vinda por lá.
Parabéns pelo blog, e pelos versos! Sonhar sob flores de cerejeira é um sonho digno de Kurosawa! Lindo...

Beijos, e boa semana!

Rayuela disse...

bravoooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
qué maravilla! aplausos,aplausos y más aplausos!


mil besos,Zélia*

Cida disse...

Amo o modo como você, com tanto jeito, brinca com as palavras e nos presenteia com lindos versos.

Apesar de não conhecer o Japão, quase que me senti lá, sob um pé de cerejeira florida.
Parabéns amiga!

Bjsssss

Cid@

Paulo Jorge Dumaresq disse...

Excelente poema, Zélia.
Um verdadeiro bordado com fios de ouro.
De repente, passei o Japão em revista.
Para bens duráveis, abraços.

IVANCEZAR disse...

Eu também fiz um "tour" virtual pelo País do Sol Nascente e sua cultura (rica) .
Muito legal o seu post !

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Dalva, minha querida!
Volte sempre!
Um abraço!

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Dalva querida!
Volte sempre!
Um abraço

Zélia Guardiano disse...

Rayuela!!!!
Que bom, você aqui!!!!
Mil besos

Zélia Guardiano disse...

Cida!!!!!!!!!!
Obrigada, querida!
Volte sempre!
Abraço apertado!

Zélia Guardiano disse...

Paulo Jorge
Sua presença aqui me encanta e estimula.
Obrigada, querido!
Volte sempre!
Abraço bem forte

Zélia Guardiano disse...

Ivancezar!!!
Que bom receber sua visita! É uma dádiva...
Volte sempre!
Obrigada

Pedrita disse...

ah, eu vi a matéria no fantástico e adorei. eu fui com minha mãe e tia em um lugar perto de ibiúna onde há esse evento. é um lindo passeio. beijos, pedrita

Zélia Guardiano disse...

Ah! Pedrita
É sempre um lindo espetáculo, mesmo!
Adorei sua visita, querida...
Beijão

Leca disse...

Zélia...
lindo texto...e homenagem...
a foto então...maravilhosa...um presente...
adoro as cerejeiras em flor...

beijos
Leca

Zélia Guardiano disse...

Oi, Leca!
Que bom que você veio!
Obrigada, querida!
Beijão

Fatima disse...

Oi Zélia!
Muito obrigada pela visita e pelas palavras tão carinhosas.
Volte sempre e fique sempre a vontade.
Seu cantinho tb é ótimo!
Bjs.

Diana Ramos disse...

Adorei!!!!!! Beijo Grande

Zélia Guardiano disse...

Oh, Fátima!
Que bom que você veio e gostou!
Volte sempre também...
Um beijo

Zélia Guardiano disse...

Diana querida
Sua presença aqui é indispensável!
Você me faz bem...
Beijos

A.S. disse...

Até os deuses têm as suas imperfeições! :))

Um beijo!
AL

Zélia Guardiano disse...

A.S.
Tens razão, meu amigo! Tens razão...
Adorei sua visita!
Volte sempre...
Um abraço

Mariazita disse...

Oi, Zélia
Obrigada pela sua visita a um dos meus blogs.
Vim conhecer seu espaço e confesso-me encantada. Sua poesia é muito atraente (para mim...). Seu jogo de palavras é fabuloso! Em poucos momentos pôs a correr o Japão perante os meus olhos fascinados. Mas também vi posts anteriores, não foi só o último :))) E gostei igualmente.
Fiz-me sua seguidora para não lhe perder o rumo. Quer fazer o mesmo?
Continuarei a vir, pode apostar :)
Beijinhos

Ah! a foto é muito bonita! Cerejeiras em flor são sempre uma beleza.

Multiolhares disse...

È um lindo espectáculo,e como eu costumo dizer não é porque não vimos que não existe
beijinhos

Zélia Guardiano disse...

Oh, Mariazita...
Que bom que vieste e gostaste!
Obrigada, querida!
Beijinhos

Zélia Guardiano disse...

Multiolhares
Fiquei muito feliz com sua visita! Muito!
Volte sempre!
Beijinhos

Vitor Chuva disse...

Olá Zélia!
Obrigado por ter ido até ao meu quintalinho, e pelas lindas palavras que lá deixou plantadas.
Volte sempre!
Eu, agora que aqui cheguei, e depois de ver o que cá se encontra, vou continuar a passar por aqui - e para que não a perca de vista vou passar "a segui-la" ... com muito gosto!
beijinhos:
Vitor

Rolalola disse...

AHHHHH donde estooy?! ya no se si en el sur o en el este!!! ¿Improta? No... suficiente con que sea bello y me haga bailar los ojos al ritmo de las palabras

=D
muy bello

Zeus disse...

Vim retribuir sua visita e seu carinho cara Zélia,para mim é sempre um prazer conhecer pessoas amigas como você e para não perder seu blog de vista,me alistei como um seguidor também,pode ser?
Bjokas no core e felicidades!!

Zélia Guardiano disse...

Vitor
É mais do que uma alegria receber sua visita... Seu comentário tão simpático me deixanas nuvens.
muito obrigada!
Abraço

Zélia Guardiano disse...

Eba, Rolalola! hahahahahahahaha!!!
Adorei sua visita e seu comentário tão bem humorado!!!
obrigada, querida!
Beijos

Zélia Guardiano disse...

Zeus, querido!
Que grande alegria me dás!!! Grande, não: enorme!!!
Volte sempre...
Um grande abraço

Machado de Carlos disse...

Agradeço-lhe pelo recado referente ao meu soneto no blog “Diálogos Poéticos”!
Foi bom vir aqui e conhecer um pouco de você. Um grande abraço!

Zélia Guardiano disse...

Machado Carlos
Sua visita me deixa super feliz! Volte sempre, que a casa é sua...
Obrigada

Mariazita disse...

Por uns simples sete minutos não viste o novo post, que publiquei ào 0.01 - aliás, é sempre a esta hora porque, salvo raras excepções, programo os posts.
Não vejo o icon do teu blog lá no "Histórias"...
Há pouco tempo aconteceu com uma outra seguidora, teve que fazer a "adesão" não sei quantas vezes, até aparecer...
Aproveitei a vinda aqui e estive a (re)ler a "Prateleira". Lindo!A tua poesia transmite-me uma calma enorme...porque será???

Um dia feliz
Beijinhos

Domus disse...

Ciao Zelia, complimenti per il tuo blog. Bello e raffinato è lo stile. Ti seguirò con attenzione. Abbracci. Domus

Zélia Guardiano disse...

Mariazita querida
Que bom que voltaste! Que bom que gostas de meus versos! Fico muito feliz!
Também estou com problema, aqui. Agora mesmo tentava exibir os blogs que sigo. Desapareceram, há alguns dias, como num passe de bruxaria...rsrss... Vou continuar tentando!
E volto correndo pro "Histórias"...
Beijos, amiga

Zélia Guardiano disse...

Domus
Com tua visita e tuas palavras tu me fazes muito feliz!
Volte sempre, amigo...
Um abraço
Obrigada!

Machado de Carlos disse...

Sua página demonstra um carisma especial. De fino trato. Com mensagens e figuras que nos leva a um mundo excepcional. Fiquei muito feliz vê-la na página “Diálogos Poéticos”. Tenho certeza, seremos grandes amigos.
Bom dia, e um grande abraço!

Márcia Cristina Lio Magalhães disse...

Maravilhosamente belo este poema! Lindo!

Um beijo pra você...

Márcia

Zélia Guardiano disse...

Márcia
Sua visita e suas palavras muito me alegram!
Obrigada!
Volte sempre...
Um beijo...

Constança Lucas disse...

oriente e ocidente em diálogos possiveis

abraços
Constança

Zélia Guardiano disse...

Diálogos quase impossíveis, Constança...rsrsrs...
Adorei sua visita!
Obrigada.
Beijos

mdsol disse...

Muito bem. Uma cadência sem cedência ao óbvio.

De pôr os olhos em bico!

:)))

nina rizzi disse...

zélia, adoro a cultura oriental e com que mãos hábeis vc nos bordou este poema. sem dizer da evocação do mestre dos sonhos. demais, mulher :)

um beijo.

olhodopombo disse...

Simplesmente fantastico!

Zélia Guardiano disse...

Madsol, querida
Você me alegra muito com sua visita e com suas palavras. Muito mesmo!
Obrigada!
Beijos

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Nina!
Vindo de você este comentário, sinto-me estimulada!

Beijos

Zélia Guardiano disse...

Tamar, minha boa amiga
Você sabe: sem você este blog não existiria...
Obrigada!
Beijos

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Zélia,
Gosto de visitar postagens mais antigas dos blogues que gosto de visitar, posto que escondem tesoiros aqui atrás, feito esse teu "Sakura". Pra ler e releer sempre. Ou pregar na parede, como diz o poeta Roberto Lima.

Pegado aos teus poemas,
Pedro Ramúcio.

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, meu querido Pedro!
Fico feliz porque você gostou!
Grata pela visita.
Volte sempre!!!

Abraço