Minha lista de blogs

sábado, 22 de outubro de 2011

TRANSITORIEDADE


Triste
Ver a noite
Chegar
Esgarçada
Com os olhos
Súplices
A pedir
Cerzido

Noite
Toda feita
Em tecido fino
Mas

Bem puído:
Nuvens
Desfiadas

Quanta pena
Sinto!
Não tenho
Sequer
Resquício
De
Habilidade
Para refazê-la
Reparar
A trama
Bordar
Com estrelas

( Em tempo:
Para conferir
Vou olhar
De novo

Que felicidade!
Tudo
Corrigido... )

38 comentários:

Berzé disse...

Corrigir só com muita poesia e poetas como você!
Parabéns Zélia!
Berzé

Wilson Torres Nanini disse...

Zélia,

muita noite estrelada te habita.

Sua poesia é uma alegria.

Abraços!

Zélia Guardiano disse...

Oh, Berzé, meu querido, que alegria ter você aqui!
Grata pela visita e pelas amáveis palavras deixadas...
Abraço bem forte!
Bjs

Zélia Guardiano disse...

Wilson, querido amigo, grande poeta...
Grata! Muito grata! Suas palvras me ajudam a prosseguir...
Beijos repletos de amizade!

Állyssen disse...

Que saudade de comentar seu blog! Lindo lindo e delicado suas tecituras!

Beijosssssss!

Álly

manuel marques disse...

Um bom final de semana.

Beijo.

Adriana Aleixo disse...

A noite é assim mesmo, às vezes chega faceira, tristezinha e de repente se transforma numa imensidão desbotada de brilho e beleza.

Lindo, lindo!!!

Bjo!

Vanessa Vieira disse...

Eita que corrigir faz parte de vida!!! Lindo demais Zélia! Estou te seguindo no face. Abraços!

Assis Freitas disse...

a beleza do vário que a cada instante se reconstrói,


abraço

MIRZE disse...

Zélia querida!

Só voce tem habilidade para bordar com estrelas.

Belíssimo!

Beijos

Mirze

Fred Caju disse...

Às vezes deixar tudo bruto sem correção pode ser uma boa opção. Beijão, Zélia!

Fátima disse...

Oi Zélia,

Linda tua costura da noite.

"...Em máquina que pulsa, fiar.
Montar a trama, refazer a teia.
Prover fios para aquecer.
Tecido apenas ser."

Beijo meu

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Zelia, amiga!

Afinal não havia nada para cerzir; era apenas a forma de olhar...

Lindo bordado, é este teu poema;parabéns!

Abraço amigo; bom restinho de domingo.
Vitor

Tania regina Contreiras disse...

Zélia, só você mesmo para construir imagens tão originais e lindas. Inevitável olhar agora a noite sem pensar em seus versos...
Beijos,

Jorge Pimenta disse...

zelita, quando os versos são estrelas que reverberam de dia e de noite... assim é a tua poesia.
beijo iluminado!

irene alves disse...

Minha amiga, cá estou(não a esqueço) para silenciosamente beber
a sua maravilhosa poesia e estar
através dela um pouco consigo.
Um grande beijinho
Irene

Diana L. Ramos disse...

Que coisa mais linda Zélia! Fico até sem palavras para falar sobre...dizer o que?
Parabéns!Beijos

Al Reiffer disse...

Como já deves ter percebido me meus poemas, adoro a noite! E adorei este teu poema. Abraços!

Cida disse...

Corrigidos por mãos Divinas, e por olhares da poeta, que veem além das estrelas.

Beijinhos pra você, menina.

Tenha uma linda e abençoada semana.

Cid@

Cacá - José Cláudio disse...

Ora, direi que ouviste as estrelas e eis que o céu fez noite linda através de sua pena que desenha poesia. Que lindo, Zélia! Meu abraço. paz e bem.

Toninhobira disse...

Sempre uma obra de arte seu poetar,assim como uma peça saindo das mãos de um artesão, há que se admirar.
Fico aplaudindo amiga.
Meu carinhoso abraço.

Zélia Guardiano disse...

Állissen, minha querida...
Temos de tecer algo com o material que temos à mão, não é mesmo? Fico feliz se gostas do resultado! Tu me incentivas...
Grata!
Beijo, amiga!

Zélia Guardiano disse...

Manuel!!!
Sentia saudade de ti...
Que bom que vieste!
Abraço apertado, meu querido amigo!

Zélia Guardiano disse...

Adriana, minha querida...
O céu é sempre surpreendente, não? Nunca é o mesmo... Muita vez simula caleidoscópio...rs...
Grata pela presença e pelas amáveis palavras!
Beijos, amiga!

Zélia Guardiano disse...

Vanessa, minha linda! É uma honra enorme tê-la no facebook e aqui!Você talvez nem consiga imaginar...
Grata, minha linda!
Abraço apertado e beijinhos carinhosos...

Zélia Guardiano disse...

Verdade, Assis... A construção do belo nunca termina... Ainda bem!
Grata, amigo, pela visita...
Beijos, grande poeta!!!

Zélia Guardiano disse...

Amiga Mirze, sua visita é sempre um prazer enorme!
Grata pelo comentário, minha especial amiga, grande poeta!!!
Beijos carinhosos...

Zélia Guardiano disse...

Verdade, Fred! A natureza é sábia, não precisa de intervenções...
Obrigada, meu amigo!
Vem sempre!!!
Beijos

Zélia Guardiano disse...

Fátima, Fátima, Fátima, que versos mais lindos! Rico presente que tu me deixas!!!
Grata, amiga!
Beijnhos carinhosos...

Zélia Guardiano disse...

Oh, Vitor, que bom que vieste!
Tua presença é fundamental, aqui...
Se não vens, fica um vazio...
Obrigada pela presença e pelo amável comentário, meu querido amigo!!!
Abraço bem apertado...

Zélia Guardiano disse...

Tânia Regina, minha querida amiga, grande poetisa...
Tu me emocionas demais, com teu comentário! Demais, mesmo! Também eu me lembrarei de você sempre que a noite chegar...
Imenso abraço, todo rebordado de amizade...

Zélia Guardiano disse...

Jorge, Jorge, Jorge...
Tu sabes, como ninguém, estimular-me na direção da escrita de versos!
Sua aprovação me é fundamental!
Sabes disso, querido amigo, grandioso poeta...
Beijos carinhosos

Zélia Guardiano disse...

Diana, minha querida, minha especial, minha linda amiga...
Tê-la aqui é, sempre , enorme privilégio!
Grata, muito grata, pela presença e pelo gentil comentário!
Abraço bem apertado, todo entremado de carinho...

Zélia Guardiano disse...

Oh, Cida, minha especial amiga...
Comentário tão edificante me deixas, querida!
Não tenho palavras para agredecê-la...
Tenha, também você, uma linda semana, debaixo da proteção de Deus!!!
Abraço paertado e beijinhos carinhosos...

Zélia Guardiano disse...

Oh, Irene, como fico feliz com sua presença!
Sempre uma alegria renovada encontrar sinal de sua visita, através de comentários tão generosos! Como este, de hoje...
Muito, muito agradecida, minha querida e especial amiga!!!
Beijos carinhosos...

Zélia Guardiano disse...

Cacá, meu especial amigo!
Tê-lo aqui é sempre um presente riquíssimo!
Quando você chega, é festa, querido!
Grata pela presença e pelas amáveis palavras deixadas!
Abraço bem forte, tanto quanto a amizade que tenho por você!!!

Zélia Guardiano disse...

Reiffer, meu querido...
Já notei, sim, a atração que a noite exerce sobre você! E também a lindeza de seus versos... Gosto demais do seu estilo!
Grata, amigo, pela sua visita tão importante para mim...
Bjs

Zélia Guardiano disse...

Toninhobira, meu querido amigo, grande poeta
É realmente uma dose enorme de estímulo o seu comentário! Você me me faz tanto bem com sua visita e com suas palavras! Talvez nem saiba o quanto...
Grata! Muito grata!
Beijos entremeados de amizade...