Minha lista de blogs

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Fogos de artifício



Pela
Janela
Entreaberta
De minha
Triste
Sina
Posso ver
O céu

Uma estreita
Fresta
Já me vale:
Contemplo
Estrelas

Percebo
Ainda
Foguetes
Que partem
[Decididos]
Rumo a
Marte

Ora
Ora...
No meio
Do caminho
Desistem
Da viagem:
Desmancham-se
Em lágrimas
Que caem
E
[Solidárias]
Se misturam
Às minhas

Todas
Juntas
Lavam
O manto
De
Nossa Senhora

57 comentários:

Kim disse...

Oi Zélia! Bem-vinda!
Parabéns pelo teu blogue. A poesia é parte integrante da nossa ternura ou revolta. Pessoalmente prefiro a prosa pois a interação é total, mas também é certo que em poesia se pode dizer mais numa linha, do que numa página inteira de prosa.
O Osvaldo é um grande amigo e depois de nos conhecermos, a nossa amizade ficou solidificada.
Um beijinho

Ana Martins disse...

Que lindo Zélia!!!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Paulo Jorge Dumaresq disse...

Lágrimas de bem-aventurança.
Belos versos recheados de imagens, Zélia.
Ótimos dias, querida.

Fatima disse...

E Ela aceita e te ama ainda mais minha amiga.
Como eu sei?
Somos amigas íntimas!
bjs.

Dilmar Gomes disse...

Olá, minha amiga Zélia; há momentos em que as lágrimas do mundo se misturam às nossas ou vice-versa. Também existem momentos em nossa vida, em que temos a sorte de ser contemplados com poemas maravilhosos, como os seus, por exemplo, os quais lavam nossa alma e retiram um pouco da tristeza que o destino pôs no nosso caminho.
Grande abraço, amiga, fonte de luz!

Carol Freitas disse...

Que comovente, Zélia! De beleza ímpar...

=)

Rayuela disse...

qué bello,realmente bello!

un beso luminoso*

Em@ disse...

Zélia,
dos mais profundos e belos que li aqui.
gostei, mesmo!
beijo no <3

Cida disse...

E hoje, por ser o dia dela (da nossa mãe), coloquei-a no mosaicos, junto às crianças, para que ela as abençoe.

Paz e Bem prá você, querida amiga.

Jinhos da Cid@

Osvaldo disse...

Zélia, querida;

Adoro "fogos de artificio". Já vi em vários países onde estou a passeio ou a trabalho. Gosto especialmente dos fogos das Festas de Genève (Suíça), Viana do Castelo (Portugal), Volgograd (Rússia) e de Lecce (Itália) entre outros... mas o que adorei nesta tua maravilhosa poesia foi e cito...

"Todas juntas / lavam o Manto / de Nossa Senhora..."

Muito, muito lindo.

bjs, Zélia.
Osvaldo

Zélia Guardiano disse...

Oh, Kim...
Que bom que vieste!
E então, preferes a prosa...
A mim, agradam a boa prosa e a boa poesia.
Quando de qualidade, cada uma cumpre o seu papel e podem, ambas, andar de mãos dadas.
Obrigada, querido, pela presença.
Abraço.

Zélia Guardiano disse...

Ana, minha querida
Que bom que vieste e que gostaste!
Grata, amiga!
Abraço.

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Paulo Jorge, meu especial amigo!
Deixas-me feliz com o teu comentário!
Grata, querido!
Abraço bem apertado.

Zélia Guardiano disse...

Oh, Fatima querida!
Que lindas palavras me dás, como presente!
Grata, amiga!
Beijos repletos de admiração.

Andradarte disse...

Tudo isso no Foga de Artifício...
Lindo...
Beijo

Zélia Guardiano disse...

Dilmar, dilmar, Dilmar...
Você é o amigo que todos gostariam de ter!
Quanta sensibilidade e solidariedade encontro nas suas palavras, que identifico como tão sinceras!
Grata, meu grande amigo, meu grande poeta!
Sua presença aqui, ilunmina até o cantinho mais escondido...
Enorme abraço!

Zélia Guardiano disse...

Carol, minha querida!
Fico felicíssima, se consigo comovê-la com meus versos!
Grata, querida, pela visita e pelas palavras deixadas...
Imenso abraço!

Zélia Guardiano disse...

Andradarte, meu querido amigo!
Que bom que vieste e gostaste!
Quando escrevo, faço-o pensando em agradar os amigos, peoporcionar-lhes um bom momento...
Se consigo, fico feliz!
Forte abraço!

Zélia Guardiano disse...

Rayuela querida!
Ter sua apreciação favorável, é um gande feito!
Sinto-me realizada.
Grata, minha amiga, pela visita e pelas boas palavras deixadas...
Mli bsos!*

Zélia Guardiano disse...

Em@!!!
Não sabes a alegria que me dás com sua presença e com suas palavras...
Fico muito , muito feliz!
Abraço apertado e beijinhos carinhosos.

carlos pereira disse...

Cara Zélia;

Simplesmente LINDO. Poema de uma ternura comovente.
Gostei bastante.
Um beijo.

Zélia Guardiano disse...

Amiga Cida
Já estive lá no Mosaicos e fiquei absolutamente encantada com seu post!
Lindíssimo!
Ainda estou com ele na cabeça, onde
permaneçerá muito tempo, pois você se esmerou neste dia de comermorações tão importantes!
Enorme abraço e beijinhos, querida!

Zélia Guardiano disse...

Amigo Carlos
Fico muito feliz com sua visita e com suas palavras aqui deixadas.
O fato de você ter gostado dos versos, estimula-me para seguir avante!
Abraço cheio de gratidão.

Beth/Lilás disse...

Ol, Zélia!
Obrigada pela visita e palavras carinhosas.
Teu cantinho também é tão bonito e ainda por cima feito de poesias que eu adoro. Parabéns!
Estarei sempre por aqui.
umbeijo carioca

Multiolhares disse...

quantas vezes deixamos os nossos sonhos voar de encontro ás estrelas, mas descobrimos que nem todos são realizáveis e se desmoronam em lágrimas caídas dos nossos olhos.
Bj

Zélia Guardiano disse...

Oh, Beth, querida!
Seja muito bem-vinda, sempre!
Que bom que gostou daqui!
A casa é sua...
Beijo, minha linda!

Zélia Guardiano disse...

Multiolhares querida
Se formos considerar todas as possibilidades de nos desmancharmos em lágrimas... Ai!
Mas, vamos ser sinceras, elas nos fazem bem... Como é importante um desabafo!
Beijo, amiga, todo perspassado de gratidão pela amável visita.

Lara Amaral disse...

Que linda homenagem! Minha mãe é devota, está em Aparecida do Norte agora acompanhando as festividades.

Beijo, Zelinha. Te adoooro! Vc é uma estrelinha que brilha intensa no meu céu =)

Zélia Guardiano disse...

Oh Lara, minha doce amiguinha!
Eu sou de família católica, estudei em colégio de freiras (entrei aos nove anos e saí professora...), etc.
Não posso dizer que seja , hoje, exatamente uma grande praticante, mas há datas, como esta de hoje, como o Natal, como a Páscoa, que mexem muito comigo!
O seu carinho também, amiga!
Emociono-me demais com sua ternura, em relação a mim!
Demais...
Deus saberá recompensá-la!
Beijo recheado de gratidão!

Glorinha L de Lion disse...

Zelia, estou aqui me deleitando com tua poesia! Delícia de ler. Estou encantada! Beijos.

Zélia Guardiano disse...

Que bom, Glorinha!
Que bom!
Vem sempre, que a casa é sua, querida!
Grande abraço e beijinhos.

Tania regina Contreiras disse...

Zélia, que bela homenagem ao princípio cósmico feminino, porque afinal é isso essencialmente que representa cada data como essa. Terno e lindo poema...
Beijos, querida

Linda Simões disse...

Zélia,

..."e juntas lavam o manto de Nossa Senhora"

Viva Nossa Senhora, na sua magnitude e simplicidade.


Gostei de aqui vir,

um abraço


Boa semana

Gerana Damulakis disse...

Amei! Sou muito mariana e senti a beleza do manto. Que tenhamos a proteção de Nossa Senhora.

Graça Pereira disse...

Zelia
Um poema cheio de ternura... Tenho a certeza que Nossa Senhora colocou os teus versos nas contas do seu Rosário e quando ela as passa pelos seus dedos...brilham como foguetes ou estrelas que caiem no seu manto lavado pelas tuas lágrimas!
Beijo carinhoso
Graça

Domingos Barroso disse...

Imagino o manto brilhante
de Nossa Senhora encantada
por tuas lágrimas (pingos das
estrelas)
...

Terno abraço,
minha amiga
e elevada poetisa.

manuel marques disse...

Hoje apenas te deixo um beijo.

olhodopombo disse...

e o que faz a Vossa Senhora?

Zélia Guardiano disse...

Querida Tania
Lindo e significativo o seu comentário!
A humanidade tem, certamente, Mãe e Pai a protegê-la... Os dois aspectos estão presentes.
Adorei sua visita, minha querida!
Abraço e beijinhos.

Zélia Guardiano disse...

Linda, Linda...
Que alegria me dás com tua presença!
Porque gostaste daqui, estou muito feliz...
Volta sempre, minha querida!
Tens uma segunda casa aqui...
Beijos...

Zélia Guardiano disse...

Amém, Gerana!
Amém!
Grata pela visita e pelo comentário deixado, minha querida!
Beijos...

Zélia Guardiano disse...

Linda visita e lindo comentário, minha querida
Graça!
Pude perceber sua sensibilidade aflorada, e isso me alegra muito, querida!
Enorme abraço acompanhado de beijinhos, sendo um de cada lado...

Zélia Guardiano disse...

Querido Manuel
Agradeço muito!
Forte abraço.

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, meu querido Domingos!
Você, sempre presente aqui e sempre deixando palavras carinhosas...
Um abraço bem apertado!

Regina Rozenbaum disse...

Zelia, amigamada!
Acordei hoje muiiiito cedo com o foguetório em homenagem a essa Mãe. Que ela não só proteja nossas crianças, nosso país e dirigentes, como a cada um de nós...em todo o mundo! E digamos AMÈM!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Zélia Guardiano disse...

Tamar querida
Nossa Senhora faz papel de boa mãe, só que numa outra dimensão: no mundo espiritual.
Adorei a visita, amiga!
Forte abraço!!!

Zélia Guardiano disse...

Querida Rê
Amém!
Amém!
Amém!
Que assim seja, pois estamos muito necessitados...
Tens razão: proteção para toda a humanidade!
Grata, minha linda amiga, pela visita e pelas palavras deixadas!
Abraço e beijinhos.

Márcio Ahimsa disse...

Belo poema, Zélia...

Uma homenagem à altura...

Beijo.

Zélia Guardiano disse...

Obrigada, Marcio, meu querido!
Pela visita e pelo comentário tão simpático!
Grande abraço.

Mimo Chic disse...

Zelia, que LINDOOOOOOOOOOOOO !!!
toda vez que estamos aqui e um presente!
bjs
Lulu & Sol

Cacá disse...

Nossa, Zélia! Essa é de tirar o fôlego! Há umas descrições de cenas, desnovelos da imaginação e misturas de sentimentos que quando colocados em versos emocionam até a mais ímpia alma! Lindo demais, minha doce amiga! Meu abraço. Paz e bem.

Nadine Granad disse...

Tristemente lindo!
As estrelas estão 'aí'... não param de brilhar no seu interior!!! A janela - mero instrumento!

Beijos =)

Fernando Campanella disse...

Boa noite, Zélia, passando por aqui e lendo suas últimas postagens, e só posso dizer: como você escreve bonito, uma simplicidade mas com uma nova maneira de ajeitar as palavras e fazê-ls portadores da sensibilidade aguçada, do bom-gosto, uma maravilha, enfim. E tudo isso demonstrando um espírito maravilhoso que vislumbro que possuis. Grande abraço, minha amiga.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Que presente...
Que poema maravilhoso.
Me emocionou demais.
Esse céu, esse manto de estrelas e lágimas, este desterro vigiado de viver...

Acho que no céu, Nossa Senhora enrubesceu com tua homenagem!

Valéria Sorohan disse...

Brava amada: Adorei, adorei, adorei esse texto. Você é 11, Zélia, porque 10 é pouco. Concordo com as suas palavras, admiro você (vc sabe, né?); tomo trechos para mim - obrigada por dizê-las. "Uma estreita Fresta
Já me vale:Contemplo Estrelas..."

BeijooO'

Lara Amaral disse...

A alegria, o prazer, a felicidade etc., são todos meus por ter te conhecido, poetisa da alma!

Grande beijo!

Maria Paula Alvim disse...

Que lindo, Zélia ( juro, faltam-me mais palavras pra falar do tanto que eu gostei)